LP Novos Baianos - Acabou Chorare

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

LP Novos Baianos - Acabou Chorare

Código: F7RCCK8KE Marca:
R$ 135,00
COMPRAR Disponibilidade: Imediata Aproveite! Restam apenas 4 unidades
    • 1x de R$ 135,00 sem juros
    • 2x de R$ 71,15
    • 3x de R$ 48,05
    • 4x de R$ 36,53
    • 5x de R$ 29,61
    • 6x de R$ 24,98
    • 7x de R$ 21,65
    • 8x de R$ 19,21
    • 9x de R$ 17,32
    • 10x de R$ 15,74
    • 11x de R$ 14,51
    • 12x de R$ 13,48
  • R$ 135,00 PagSeguro
  • R$ 135,00 Boleto Bancário
  • R$ 135,00 Entrega
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

DISCO NOVO LACRADO!

 

Acabou Chorare é o segundo álbum de estúdio do grupo musical brasileiro Novos Baianos. O disco foi lançado como Long Play em 1972 pela gravadora Som Livre, após o relativo sucesso de É Ferro na Boneca (1970), que ainda procurava identidade. Adotando a guitarra expressiva de Jimi Hendrix e a brasilidade de Assis Valente, e sobretudo a influência estrondosa de João Gilberto, que também serviu de mentor do grupo na época da realização do disco, o grupo realizou uma obra que apresenta grande versatilidade de gêneros musicais. Sua faixa de abertura, "Brasil Pandeiro", foi proposta por João Gilberto e é um dos sambas, ao lado de "Recenseamento", que Assis Valente havia escrito para a recém-chegada Carmen Miranda dos Estados Unidos; ela aceitou a segunda, mas ignorou a primeira, que ficou em ostracismo até a regravação dos Anjos do Inferno. O título do álbum e a faixa homônima também foram inspiradas no estilo de bossa nova de Gilberto e numa história contada por ele sobre sua filha com Miúcha, a então bebê Bebel Gilberto, e representa a proposta principal do disco de criticar a tristeza que então dominava a música popular brasileira com alegria, prazer e jocosidade. "Preta Pretinha", por sua vez, virou mania nacional, e "Besta é Tu" e "Tinindo Trincando" dominaram as rádios do país, esta última um belo exemplo da mistura de baião com rock psicodélico.

Mesmo mais de 40 anos após seu lançamento, o álbum permanece como um dos mais importantes da música popular brasileira e também um dos mais influentes. Novas gerações de músicos, especialmente cantoras, como Vanessa da Mata, Marisa Monte, Céu, Roberta Sá, Mariana Aydar, beberam de sua fonte e, além de sua fama, gozou de amplo reconhecimento crítico. Em 2007, na eleição de Lista dos 100 maiores discos da música brasileira feita pela Rolling Stone, Acabou Chorare aparece em primeiro lugar, sendo considerado obra-prima pelos estudiosos, produtores e jornalistas convocados para a votação.

Faixas
Lado A
1. "Brasil Pandeiro" (Assis Valente) 3:58
2. "Preta Pretinha" (Luiz Galvão / Moraes Moreira) 6:40
3. "Tinindo Trincando" (L. Galvão / M. Moreira) 3:26
4. "Swing de Campo Grande" (Paulinho Boca de Cantor / L. Galvão / M. Moreira) 3:10
5. "Acabou Chorare" (L. Galvão / M. Moreira) 4:13
Lado B
1. "Mistério do Planeta" (L. Galvão / M. Moreira) 4:24
2. "A Menina Dança" (L. Galvão / M. Moreira) 3:51
3. "Besta é Tu" (L. Galvão / Pepeu Gomes / M. Moreira) 4:26
4. "Um Bilhete Pra Didi" (Jorginho Gomes) 2:53
5. "Preta Pretinha (reprise)" (L. Galvão / M. Moreira) 3:25

Músicos
Ficha dada por Maria Luiza Kfouri:

Baby Consuelo – vocal, percussão (maracas, triângulo e afoxé)
Paulinho Boca de Cantor – vocal, percussão (pandeiro)
Pepeu Gomes – guitarra elétrica, violão solo, craviola, arranjos
Moraes Moreira – vocal, violão base, arranjos
Dadi Carvalho – baixo elétrico
Jorginho Gomes – bateria, cavaquinho, bongo

R$ 135,00
COMPRAR Disponibilidade: Imediata Aproveite! Restam apenas 4 unidades
Sobre a loja

Discos de vinil, LPs e compactos - Envio diário ou retirada em mãos S.P. Capital Diversas formas de pagamento à vista ou parcelado

Pague com
  • Mercado Pago
  • PagSeguro V2
Selos

Leandro Carvalho - CPF: 105.863.407-00 © Todos os direitos reservados. 2021